20
fev
11

Católicos carismáticos?

TÍTULO: Católicos carismáticos?

TEXTO: Atos 2: 16-18

INTRODUÇÃO: Segundo dados da conferência nacional dos bispos do Brasil (CNBB), a igreja assiste, a cada ano, à evasão de 600 mil fiéis, desestimulados com os rumos do catolicismo. O movimento carismático foi apontado na própria assembléia geral da CNBB, em abril de 1990, como uma das formas de resistência e combate ao crescimento dos evangélicos.

1. A história do movimento. O catolicismo carismático começou em 1966 em Pittsburgh, Pensilvânia, nos Estados Unidos, na universidade de Duquesne, propondo conter o avanço dos pentecostais. No Brasil, instalou-se em Campinas com o jesuíta Harold J. Rahm por volta do ano de 1972. A estratégia de se começar o movimento carismático nessa cidade do estado de São Paulo se prende ao fato de lá se concentrarem muitos missionários evangélicos Nortes Americanos, oferecendo assim ameaça às tradições católicas campineiras. De Campinas o movimento carismático se espalhou por todo o Brasil.

2. O objetivo desse movimento. Desde o início objetivaram o ecumenismo. E para que esse objetivo fosse alcançado, teve-se em mente atingir de modo específico os evangélicos pentecostais: E isto por duas razões: 2.1 Dentre os evangélicos, os pentecostais se demonstram os mais arredios contra a pretensão de promover o Ecumenismo, proposto pelo concílio vaticano II. 2.2 O interesse evangelístico do povo pentecostal afastando muitos católicos da igreja romana.  Esse movimento carismático tem o objetivo de assegurar o católico dentro da sua própria igreja.

3. Seria esse um movimento bíblico de renovação espiritual, como eles mesmos se intitulam “carismáticos” (esse termo vem da palavra carisma que significa dons). Seria uma obra verdadeira do Espírito Santo de Deus. È o que iremos analisar neste estudo.

TEMA: O movimento católico carismático examinado à luz dos sinais bíblicos da obra do Espírito Santo.

I. A obra do Espírito Santo é verdadeira quando engrandece unicamente a pessoa de Cristo, I Jo. 4:1-3. Apesar dos carismáticos mencionarem Jesus nos seus discursos e canções, continuam apegados a Maria e até substituindo-a por Jesus. O Espírito Santo não está onde habita a idolatria, pois como o Espírito Santo aprovaria algo que pode levar o homem ao inferno? João 14: 26; 16:13-14.

II. A obra do Espírito Santo é verdadeira quando age contra os interesses de satanás, I Jo. 4: 4, 5. Pense nos ídolos mantidos nas igrejas católicas, apesar de sua relação com os demônios (I Co. 10:19-20; Ap.19:20) e nas festas aos padroeiros (ex. São João e José), que invocam santos, mortos! Quem ouve estas invocações? Leiamos Os. 4:12; Is. 8:19-22. O Espírito Santo nada tem haver com invocação dos mortos!

III. A obra do Espírito Santo é verdadeira quando  centraliza-se nas Sagradas Escrituras, I Jo. 4: 6. Quantos que infelizmente partiram para a eternidade sem o conhecimento da verdade, revelado nas escrituras. Apegados às superstições (fitinhas de santo, orações em papel, crendices populares, tais como: sal grosso, pinhão roxo, galho de arruda, água benta). O Espírito Santo jamais seria cúmplice de uma obra como esta!

CONCLUSÃO: A bíblia revela que a obra do Espírito inclui: Novo nascimento (Jo.3:1-5), fruto (Gl.5:22-23), santidade (Rm.8:1-11). A bíblia diz que há falsos profetas exercendo dons, copiando a verdadeira a obra do Espírito, Mt. 7:15-23; Jr.14:13-16; Dt.13:1-5; I Co.13:1-3.


0 Responses to “Católicos carismáticos?”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: