17
fev
11

Mantendo comunhão com Deus através da oração.

IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL VALE DA BÊNÇÃO EM PÃO DE AÇÚCAR

ESTUDO PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

PROFESSOR. Pr. Marcos Santos

TEMA DA LIÇÃO. Mantendo comunhão com Deus através da oração.

TEXTO BÁSICO. Sl. 55: 16-19

OBJETIVO DA LIÇÃO. Levar os alunos a compreensão da doutrina da oração. Abordando o seu lado prático na vida do Cristão bem como sua importância.

TEXTO BÍBLICO PARA RECITAR. “De tarde e de manhã e ao meio dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz. Salmo 55:17

INTRODUÇÃO:

Davi cujo nome em hebraico significa “amado” é considerado o rei mais ilustre de Israel. A Bíblia o chama de “homem segundo o coração de Deus”, Atos 13:22. Sua vida demonstra uma profunda devoção a Deus, pois, na juventude já dedicava sua vida por inteiro ao Senhor, expressando grande respeito e confiança em Deus. 1 Samuel 17:26; 34-37 Muitos dos Salmos foram escritos por Davi, e em especial o Salmo 55:17. Onde nos revela que ele buscava ao Senhor pela manhã, tarde e noite. É exatamente o que  estamos precisando em nossos dias para mantermos uma vida de comunhão com Deus. Iremos meditar nesse estudo sobre esse elemento bíblico tão importante para mantermos comunhão com Deus, a oração.

I- Há uma importância singular dada à oração em todas as páginas da Bíblia.

Começando desde os diálogos entre Deus e Adão, por todo o Antigo e Novo Testamentos, temos grandes exemplos de homens e mulheres que oravam. No entanto a oração é revelada na Bíblia, muito mais do que um privilégio.  É um mandamento divino para todo o seu povo, Mt. 26:41: Lc. 18:1; Jo. 16:24; Ef. 6:18; 1 Ts. 5:17 Tg. 5:13. Esdras compreendeu que a oração é mais importante do que soldados e cavaleiros. Esdras 8:21-23. A Igreja Primitiva vivenciava a oração a tal ponto de chamarmos essa igreja de uma “igreja que vivia de joelhos”. At. 1:14; 2:1;4:24,31; 12:5; 16:13; 20:36.

II – A oração tem sido definida como “conversa da alma com Deus”,

Podendo assumir diversas formas:

a) Confissão: (1 Rs. 8:47; Ed. 9:5-10; Ne. 1:6,7; 9:33-35; Dn. 9:3-15).

b) Adoração: (Sl. 45:1-8; Is. 6:1-4; Mt. 14:33; 15:25; 28:9; Ap. 4:11).

c) Comunhão: A oração de Abraão por Sodoma e Gomorra é chamada de “comunhão” (Gn. 18:33). Deus mantinha comunhão com o sumo sacerdote levita de cima do propiciatório (Ex. 25:22).

d) Ação de graças: A canção de Miriã, (Ex. 15), de Débora (Jz. 5), e de Davi (II Sm.23). As Escrituras trazem exortações que sejam dadas ações de graças    (Fp. 4:6; Cl. 4:2; Ef. 5:20; Sl. 95:2; 100:4) .

III-A oração inclui:

1.Petição, o ato de tornar conhecido os nossos pedidos(Dn. 2:17,18; 9:16-19; Mt. 7:7- 12; Jo. 11:22; At. 4:29,30).

2.Súplicas que é simplesmente insistir em nosso pedido (Dn. 6:11, Zc. 12:10). A mulher siro-fenícia insistiu em seu pedido e foi ouvida (Mt. 15:22-28).

3.A intercessão. O Senhor procura intercessores (Is.59:16); Samuel considerava um pecado deixar de orar pela desobediente Israel (1Sm. 12:13); Jó recebeu o pedido para que orasse por seus “consoladores” (Jó 42:8).

Certas classes são mencionadas nas Escrituras para que intercedamos: Governantes (1Tm. 2:2), Israel (Sl. 122:6), os não salvos (Lc.. 23:34; At. 7:60), os recém convertidos (II Ts. 1:11), todos os santos (Ef.6:18; Tg. 5:16), os que se desviam (1 Jo. 5:16), os obreiros cristãos (Ef. 6:19,20; 1 Ts. 5:25), e os nossos inimigos (Mt. 5:44).

IV- Atitudes que devemos ter quando estamos orando. Jesus nos diz em Jo. 15:7 que nossas orações serão respondidas se permanecermos NEle. E para que isso aconteça, é necessário:

a) Estar livre de pecados conhecidos (Sl. 66:18; Is. 59:1,2; Pv. 28:9,13)

b) Altruísmo em nossas petições (Tg. 4:2,3)

c) Pedir de acordo com a Sua vontade (1 Jo. 5:14)

d) Perdoar aqueles que nos fizeram mal (Mt. 6:12; Mc. 11:25)

e) Pedir em nome de Cristo (Jo. 14:13,14; 15:16; 16:23,24)

f) Orar no Espírito (Ef. 6:18; Judas 20)

g) Pedir com fé (Tg. 1:6,7; Mt. 21:22)

h) Zelo e perseverança em nossas súplicas (Cl. 4:2)

i) Unidade na família (1 Pe. 3:7)

j) Sinceridade (Jr. 29:13)

l) Contrição (2 Cr. 7:14; Sl. 5 1:17

V- Jesus nosso grande exemplo de oração, (Hb. 5:7).

a) Jesus orava constantemente, passando longas horas em oração (Lc. 6:12; Mt. 14:23), levantando-se logo cedo para orar (Mc. 1:35).

b) Orava antes de se entregar a grandes tarefas: Viagem missionária pela Galiléia (Mc.1:36-38); ao escolher os doze apóstolos (Lc. 6:12,13); quando antes do calvário (Mt. 26:38-46); após grandes sucessos (Jo. 6:15); orava pelos seus (Jo. 17; Lc. 22:32); orava fervorosamente (Lc. 22:44; Hb. 5:7);  com perseverança (Mt. 26:44) e submissão (Mt.26:39). Se o Filho de Deus orou dessa maneira em sua vida.  Precisamos seguir o seu exemplo e esperar em Deus, através da oração.


0 Responses to “Mantendo comunhão com Deus através da oração.”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: