20
mar
11

JONAS 4. Tema: A GRANDEZA DA MISERICÓRDIA DE DEUS

JONAS 4

Tema: A GRANDEZA DA MISERICÓRDIA DE DEUS

1. Na minha opinião esse é o capítulo mais importante deste livro, pois, revela o real motivo que levou Jonas a fugir diante do seu chamado para ir até a cidade de Nínive, V.2.

2. Já preguei aqui os três capítulos anteriores deste livro.

A) No capítulo 1 que fala do momento em que Jonas é chamado pelo Senhor, falei sobre o Deus de Jonas: I – Deus é Deus de todas as nações e não somente de Israel. II – Deus escolhe pessoas que jamais escolheríamos. III – Deus enche os céus e a terra com sua presença. IV- Deus é Soberano.

B) No capítulo 2 que fala da oração de Jonas no ventre do grande peixe, falamos sobre o Deus que atende nossas orações: I – Seja qual for nossa angústia devemos buscar o Senhor. II – Devemos confessar nosso estado desesperador diante do Senhor. III – Devemos nos apoaiar na misericórdia do Senhor. IV – Devemos exalar espírito de gratidão ao Senhor.  V-  Devemos reconhecer a necessidade de corrigir nossa vida diante do Senhor. VI-  Devemos saber que orar ao Senhor é importante, mas principalmente tê-lo como Salvador.

C) No capítulo 3 que menciona a pregação de Jonas em Niníve, falamos sobre as realidades do verdadeiro arrependimento: I – Está incluído uma segunda oportunidade. II – É gerado por Deus mediante sua palavra. III – Tem um tempo determinado por Deus. IV – É essencial a fé. V – A busca sincera a Deus.

D) No capítulo 4 à ênfase é sobre a GRANDEZA DA MISERICÓRDIA DE DEUS. Temos o texto dividido em quatro partes.

A. Queixas. 4:1-3. Jonas obedecera ao Senhor indo a Nínive e pregando a mensagem de Deus, mas a atitude do seu coração não
fora mudada. Ele odiava tanto os ninivitas por causa de sua crueldade que lá no fundo do seu coração antegozava a sua destruição. Agora, passados os quarenta dias, Nínive continuava intacta.

1.Desgostou-se . . . . extremamente, e ficou irado. Um paralelismo tipicamente hebreu, expressando a reação extrema de Jonas diante da salvação da cidade de Nínive.

2. Pois sabia que és Deus clemente. Finalmente desvendou-se o segredo. Jonas não ignorava o caráter do seu Deus. Ele fugiu para Társis não porque temesse os ninivitas, mas porque não queria que fossem salvos. Deus era clemente, isto é, Ele tinha no seu coração o bem-estar do homem e apaixonadamente desejava tirá-lo do pecado.  Misericordioso. Uma palavra companheira de clemente, apontando para o amor de Deus que é derramado sobre o pecador indigno que se arrepende dos seus pecados. Tardio em irar-se. O desejo de Deus não é punir imediatamente o desviado. Mas quando se torna evidente, em qualquer dada situação, que os homens são orgulhosos e teimosos demais para serem facilmente disciplinados, Ele começa a ensiná-los através do “caminho mais duro”, expressando o Seu descontentamento para com o pecado. Grande em benignidade. Benignidade é uma tradução da palavra hebraica hesed, significando lealdade a uma promessa convencional. A expressão da  benignidade não se exaure quando a afiança é quebrada pela outra parte, mas ela vai em busca do desviado e o traz de volta para um relacionamento pessoal íntimo.

3. Jonas não tinha em seu coração o amor de Deus e ele se sentiu envergonhado porque a sua profecia foi anulada pela conversão daqueles que ele detestava. O profeta ficou tão abatido que desejou a morte.

B) A Abóbora e o Verme. 4: 4-7.

4. É razoável essa tua ira? O Senhor examinou a atitude de Jonas. À luz da preocupação divina para com o homem, como seu servo podia ser tão impiedoso?

5. Fez uma enramada. Embora Jonas estivesse cônscio que uma onda de arrependimento em Nínive faria Deus salvar o povo, ele obstinadamente determinou esperar a destruição que tinha predito. Foi para um lugar mais elevado fora da cidade propriamente dita, armou um caramanchão de galhos de árvore para se proteger do sol. Tais abrigos ainda se usam em campo aberto no Oriente Médio. Um homem pode ficar confortavelmente em sua sombra mesmo quando o sol fica muito quente.

6. Então fez o SENHOR Deus nascer uma planta. A planta, palma cristi, é comum no Oriente Médio. A rapidez do seu crescimento neste caso é declaradamente um ato divino. Jonas sofria tanto com seus conflitos íntimos que reagia com as mais disparatadas emoções. Antes, se sentira grandemente deprimido, agora se alegrou grandemente.

7. Enviou um verme. A destruição da planta também foi um ato divino. O verme atacando as raízes, destruiu a planta, e com ela, a bênção de sua sombra.

C). O Vento e o Sol. 4:8. Deus mandou um vento. Este ato final do Senhor privou Jonas de seu último conforto terreno – a sombra fresca. O vento oriental é famoso por sua temperatura cauterizante, do qual nem mesmo a sombra de um abrigo pode proteger o homem. Quando Jonas chegou ao ponto de não suportar mais o calor, clamou pelo alívio da morte pela segunda vez. A primeira vez ele desejou morrer por causa de seu desespero íntimo; desta vez ele clamou a Deus por causa de seu desconforto físico.

D). A Lição. 4:9-11. Obviamente, a série das ações divinas destinadas a Jonas tinha um propósito. Deus tentava destacar o absurdo da falta de preocupação espiritual de Jonas pelo bem-estar humano, contrastando-o com a sua legítima preocupação por seu próprio bem-estar físico.

9. A pergunta do versículo 4 torna a ser repetida. Do conteúdo de 4:1-3 pode-se deduzir que a resposta de Jonas à primeira pergunta devia ter sido a mesma que esta

10. Tens compaixão da planta. Era uma preocupação cabível e provavelmente motivo razoável para se zangar. Mas a planta não passava de uma planta, e Jonas nada tinha a ver com o seu crescimento ou destruição.

11. Não hei de eu ter compaixão . . . de Nínive. Os ninivitas eram seres humanos – homens, mulheres e crianças – objetos da criação especial de Deus e portanto do Seu amor. Uma simples planta, como essa, não podia entrar em comunhão pessoal com Deus; nem o pecado podia corrompê-la. A preocupação de Jonas pela planta era egoísta; ele sentia a sua destruição
porque lhe servira para o conforto pessoal. Mas a preocupação de Deus pelo homem é altruísta, pois Ele apenas procura ajudar, livrando-o do pecado.(Comentário Bíblico Moody, cap.4)

I -  A misericórdia de Deus é insondável, infiníta e incompreensível, V.1

1. Homem nenhum é capaz de medir o quanto Deus é misericordioso. Por mais que você reflita, sua reflexão sempre vai ser um pingo dágua diante do oceano da misericórdia de Deus. Deus é infinitamente superior a tudo quanto imaginarmos acerca de Sua  Pessoa.

2. Os caminhos de Deus e os seus pensamentos são em muito diferentes dos nossos, Is.55:8, …” Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos osmeus caminhos, diz o SENHOR.  Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos”… Isso fala do quanto Deus é misericordioso, e o quanto é imcompreensível para nós, a sua misericórdia.

3. O que você faria com o seu pior inimigo, com aquela pessoa que mais te prejudicou? Na prática o que você faria com o assassino de seu filho? Com alguém que traiu sua confinça e ainda debocha de você. Vamos supor que alguém seja vitíma de um estupro. Qual atitude tomaria diante de alguém que praticou tal ato? Confesso que não sei como seria minha reação diante de uma situação com essa. Mesmo essa pessoa tão mal, Deus estende sua misericórdia . Deus ama o teu pior inimigo, do mesmo modo como te ama.

II – A misericórdia de Deus deve ser refletida na vida daqueles que foram alcançados por ela, V.2-10.

1. Jonas era teologicamente correto, mas sua prática contradizia o que professava como fé, V.2,3. Jonas define muito bem quem é Deus mas não enxergou em sí mesmo a contradição do modo que vivia.

2. Jonas foi capaz de armar uma tenda e ficar de longe torcendo pela destruição dos ninívitas, V.5. Regozijando-se com o mal do próximo. Como quem diz: Bem feito, é porque merecia esse mal. È consequência do pecado praticado.

3. Jonas teve misericórdia da planta e não se compadeceu dos Ninívitas, V.6-10. Ela amava mais as coisas do que o ser humano. Semelhante a muita gente que ama mais o carro, a casa, o dinheiro, o cachorro, o jardim do que o ser humano.

4. Mateus 5:7. “…Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia…” No evangelho de João 5:1-8. Temos uma história em lugar por nome de Betesda, cujo significado é casa de misericórdia. Mas, a misericórdia pelo que aconteceu era só no nome. Esta igreja aqui é casa de misericórida ou só tem o nome?

III – A misericórdia de Deus alcança qualquer pessoa independente de quem ela seja ou de suas práticas, V.10-11.

1. Mesmo aqueles ninívitas tão maus provaram da misericórdia de Deus. Um povo acostumado a matar da pior forma possível, um povo que guerreou com Israel e os levou em cativeiro. Um povo pagão e de muita promíscuidade.

2.Qualquer homem é alvo da misericórdia de Deus. O macumbeiro, feiticeiro, religioso, homícida, estuprador, ladrão,
pedófilo, prostítuta, homossexual, alcoolátra, fofoqueiro, mentiroso. Qualquer que seja o teu pecado, você é alvo da misericórdia de Deus. Ele quer sempre o teu bem, o teu melhor, Ele te ama profundamente.

About these ads

1 Response to “JONAS 4. Tema: A GRANDEZA DA MISERICÓRDIA DE DEUS”


  1. 27/12/2012 às 1:45 pm

    Paz do Senhor!!!
    Parabéns Pelo Ótimo Trabalho…Gostei Muito, só precisou de uma esteticazinha melhor…mas o que importa é passar a palavra de Deus!
    Continue nessa jornada…qualquer coisa, me manda um e-mail: leon_franco9@hotmail.com


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


ARQUIVOS

MAIS ACESSADOS

  • Nenhum

CATEGORIAS

AGENDA

março 2011
D S T Q Q S S
« fev    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: